Ligue-me
Pretendo receber mais informações

Estudo sugere que grupo sanguíneo pode influenciar gravidade da Covid-19

19
jun
2020
Os resultados, publicados no The New England Journal of Medicine na quarta-feira, sugerem que pessoas do grupo sanguíneo A correm um risco maior de serem infetadas com o coronavírus e de desenvolverem sintomas mais graves.

O risco é 45% vezes superior para estas pessoas do que para as restantes. Pelo contrário, o risco é menor para quem pertence ao grupo sanguíneo O.

Durante o pico da pandemia na Europa, os investigadores analisaram os genes de mais de 4.000 pessoas infetadas e em estado grave. Procuraram semelhanças e descobriram variações nos genes responsáveis pelas respostas imunológicas.

“A esperança é de que estas descobertas apontem o caminho para um melhor entendimento da biologia da Covid-19. Também sugerem que um teste genético e o grupo sanguíneo podem fornecer ferramentas úteis para identificar quem está em maior risco de doenças graves", explicou Francis Collins, diretor do National Institutes of Health dos Estados Unidos.


Fonte: SIC Notícias
Subscrever
NEWSLETTER
 
O site PMH - Produtos Médico Hospitalares, S.A. utiliza cookies. Ao navegar está a concordar com a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies. Aceito
Aguarde...