Ligue-me
Pretendo receber mais informações

Estão anunciadas as 10 medidas da DGS para controlar os efeitos da pandemia COVID-19 neste Natal

17
dez
2020

Um representante de Graça Freitas enunciou dez medidas para “nos adaptarmos aos novos tempos e à situação de pandemia em que nos encontramos devido aos vírus Covid-19”.

1 — Cumprir todas as regras que estejam em vigor durante esta quadra, em relação ao país, região ou concelho, particularmente no que toca a aglomeração de pessoas;
2 — Pessoas em estejam em situação de isolamento profilático têm o “dever, obrigação e solidariedade” de permanecer em isolamento. Em situações de pessoas doentes ou com sintomas da Covid-19, devem cumprir as regras que lhes foram estipuladas;
3 — Reduzir os contactos antes da quadra festiva e durante os dias de Natal e Ano Novo. Em vez de socializar com um número amplo de pessoas, diminuir esse número substancialmente.
4 — Em relação às convivências durante a quadra festiva terá de se reduzir o tempo de exposição: as pessoas devem estar juntas o menor tempo possível e saber usar os espaços exteriores das residências de modo a evitar o contágio por COVID-19 e com o objetivo de diminuir a proximidade;
5- Reduzir os contactos do núcleo familiar. Nesta época especial, a família são aqueles que habitam o mesmo espaço físico, reduzindo o contacto com familiares de outras habitações;
6 — Limitar as comemorações e contactos apenas ao agregado familiar. Nesta conferência ficou ainda o apelo ao contacto com outros membros da família e amigos por meios digitais ou visitas rápidas, de modo que não existam contactos duradouros prevenindo assim o contágio do vírus Covid-19;
7 — É obrigatório manter o distanciamento físico em todas as ocasiões, nomeadamente no momento da confeção das refeições e é essencial evitar os cumprimentos tradicionais aos quais estávamos habituados no nosso quotidiano;
8 — Manter os espaços arejados para reduzir o risco de contágio e preferir espaços com maiores dimensões. Todos os objetos de partilha comum devem ser constantemente desinfetados;
9 — Lavar e desinfetar as mãos frequentemente, utilizar a máscara de forma adequada e segura mantendo sempre a atenção na etiqueta respiratória;
10 — Se estiver com indivíduos de agregados familiares não coabitantes, evitar partilhar objetos. Evitar igualmente o consumo de substâncias que aumente “as afetividades” e proximidades;

 


Com estas medidas, acreditamos que se os portugueses cumprirem o que lhes é pedido, Portugal pode ter a possibilidade de diminuir o número de casos Covid-19.
É essencial ter respeito por toda esta situação que atravessamos e “cumprir” é a palavra-chave no combate ao Covid-19. Estas medidas têm como objetivo evitar uma curva ascendente com repercussões graves nos serviços de saúde e mortalidade aumentada sobre os mais vulneráveis no mês de janeiro de 2021.
Neste momento em que esperamos a comercialização da vacina contra o Covid-19, não podemos ignorar estas medidas quando acreditamos que esta parece ser a fase final da pandemia.

 

Em caso de dúvidas relacionadas com o vírus Covid-19, pode entrar em contacto com a Saúde 24, DGS ou pelo website do SNS.

A PMH, está sensibilizada com todos os profissionais de saúde desde o primeiro momento em que se iniciou esta pandemia, estando sempre atenta a todas as diretrizes e tentando equilibrar a produção dos nossos produtos para que não falte nada, não só aos doentes que contraíram o Covid-19, mas igualmente em relação a todos os cidadãos do nosso país.

Acreditamos que ainda vamos a tempo de salvar muitas pessoas do contágio, se forem cumpridas todas as normas da DGS.

PMH - Cuidar com Excelência

Subscrever
NEWSLETTER
 
O site PMH - Produtos Médico Hospitalares, S.A. utiliza cookies. Ao navegar está a concordar com a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies. Aceito
Aguarde...